De acordo com os números consolidados na nova pesquisa do FONIF sobre o setor, a cada R$1,00 investido pelo Estado no segmento filantrópico com as imunidades fiscais, a contrapartida real é de R$7,39.

Na área da saúde, as entidades filantrópicas realizam mais de 260 milhões de procedimentos e são responsáveis por 59% de todas as internações de alta complexidade do Sistema Único de Saúde, isso sem mencionar que 906 municípios brasileiros são atendidos exclusivamente por um hospital filantrópico.

Na educação não é diferente. Segundo o levantamento, as instituições do segmento somam mais de 2,4 milhões de alunos e corresponde a 15% de todos os estudantes matriculados na educação superior no país. Vale ainda destacar nessa área o aspecto qualitativo, já que essas instituições são reconhecidas pela oferta de uma educação de altíssima qualidade, conforme constatação de rigorosos rankings de avaliação, como ENEM, ENADE e CAPES.

Na área de assistência social a relevância dos dados é a mesma. Mais de 3,6 milhões de vagas de serviços essenciais de proteção básica são oferecidos pelo setor, incluindo atendimentos de média e alta complexidade, assessoramento e defesa e garantia de direitos. O número equivale a 47% das vagas da rede socioassistencial privada do país.

Clique aqui para saber mais e obter dados da pesquisa na íntegra.

Fonte: Fonif

http://fonif.org.br/noticias/lideres-de-entidades-filantropicas-se-reunem-em-brasilia-em-defesa-do-setor/?utm_campaign=newsletter_fonif_-_maio_2019&utm_medium=email&utm_source=RD+Station

Terceiro Setor

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here