Além das questões envolvendo saúde pública, a pandemia de Covid-19 trouxe inúmeras dificuldades em diversas áreas profissionais. O redeGIFE selecionou editais que visam fomentar áreas e temas como arte-educação, direitos de pessoas LGBTIQ, empreendedorismo feminino e tecnologia, incentivo à entrada de meninas em carreiras das ciências e exatas, educação e enfrentamento à violência doméstica, entre outros. Confira.

Fundo de Emergência Global LGBTIQ COVID-19

Com o objetivo de fornecer apoio direto às organizações e pessoas LGBTIQ, até 16 de abril estão abertas as inscrições para a segunda rodada de apoios, que tem como foco: combater a escassez de alimentos, apoiar organizações LGBTIQ que têm ameaçada sua existência, dar suporte a casos de violência de gênero, doméstica e familiar e incentivar projetos para documentar eventuais violações dos direitos humanos de  pessoas LGBTIQ por parte de governos. Os apoios variam entre 5 mil e 20 mil dólares. Todas as informações estão disponíveis no site, em português.

Prêmio Arte na Escola Cidadã 

Até 18 de abril, professores de escolas de ensino regular, públicas ou particulares, de todo o território nacional, que desenvolveram projetos envolvendo uma ou mais linguagens artísticas – como música, teatro, artes visuais ou dança -, podem participar da iniciativa. A ideia da chamada é reconhecer o trabalho daqueles que acreditam que o ensino de artes inspira a escola e o entorno, reforçando o papel da arte-educação. O Prêmio conta com cinco categorias, desde educação infantil até educação de jovens e adultos (EJA). Os professores contemplados receberão R$ 10 mil, enquanto as escolas onde os projetos foram realizados receberão equipamentos digitais. Importante ressaltar que, para participar da seleção, os projetos devem ter sido desenvolvidos em 2019 ou 2020. Confira todas as informações. 

Digitalize seu Negócio

O curso integra o programa Ganha-Ganha: Igualdade de Gênero Significa Bons Negócios – uma iniciativa de ONU Mulheres, Organização Internacional do Trabalho (OIT) e União Europeia em parceria com a Rede Mulher Empreendedora (RME) – e tem como objetivo incentivar mulheres da América Latina e Caribe a digitalizar seus negócios e, com presença online, contornar os impactos causados pela pandemia de Covid-19. Com inscrições até 19 de abril, o curso terá duração de dois meses, período no qual as mulheres verão conteúdos sobre relacionamento com clientes virtuais, serviços bancários, formalização e ferramentas de gerenciamento de tela geral para negócios digitais, liderança com perspectiva de gênero, autonomia financeira, storytelling e pitch. As mentorias acontecerão em português, inglês e espanhol. Saiba mais e inscreva-se.

Garotas STEM: Formando futuras cientistas

Iniciativa do British Council, King’s College of London e Museu do Amanhã, chamada visa oferecer apoio financeiro (R$ 12 mil) e técnico para até 15 projetos brasileiros já existentes que tenham como objetivo incentivar e ampliar a participação de alunas do Ensino Fundamental e Médio nas áreas das Ciências Exatas e Naturais, Engenharia e Computação, considerando que são áreas majoritariamente ocupadas por homens. O processo formativo terá início em 6 de maio, com previsão de duração de oito semanas. As inscrições, que vão até 25 de abril, podem ser feitas por professores da rede básica de ensino, professores universitários e profissionais de museus de Ciências e de organizações da sociedade civil. Saiba mais.

Edital Ambev pelo Enfrentamento à Violência Doméstica 

A chamada visa apoiar organizações da sociedade civil lideradas por mulheres que atuem no enfrentamento à violência doméstica. O apoio será exclusivamente financeiro. Serão selecionadas de 10 a 15 propostas para receber, juntas, até R$ 150 mil. Entre os critérios de participação está a apresentação de evidências do impacto social da iniciativa de forma qualitativa, como número de beneficiárias, por exemplo. As inscrições vão até o dia 28 de abril e podem ser realizadas na plataforma Prosas.

Edital Público de Seleção para apoio técnico e financeiro a organizações que atuem na área de Educação na Grande São Paulo e Grande Rio de Janeiro

Iniciativa do Instituto Órizon tem como objetivo selecionar e fortalecer organizações da sociedade civil que trabalhem com educação em três eixos: creches/primeira infância, reforço escolar e ensino profissionalizante. Cada organização selecionada poderá receber até R$ 1 milhão ao longo de três anos. A ideia é que a formação consiga incentivar uma gestão mais eficiente e autossustentável das organizações e, com isso, aumentar seu impacto social. As inscrições permanecem abertas até 29 de abril e podem ser realizadas na plataforma Prosas. O regulamento, também disponível na plataforma, traz informações como a lista de municípios participantes de São Paulo e do Rio de Janeiro.

 

Fonte: GIFE

Terceiro Setor

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here